快捷搜索:

Vice-chanceler russo diz que interferência militar dos EUA n

Moscou, 17 mar (Xinhua) -- O vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, disse no domingo que se oporá a qualquer interferência militar na Venezuela em uma reuni?o com o representante especial dos EUA para a Venezuela, Elliott Abrams, em Roma, na ter?a-feira, informou a agência de notícias Sputnik.

"Temos um número inteiro de posi??es que estaremos comunicando ao lado americano: a inadmissibilidade da interferência militar por parte dos Estados Unidos, a inadmissibilidade de outras formas de press?o sobre as autoridades legítimas em Caracas", disse Ryabkov. Sputnik como dizendo.

O diplomata disse que também discutirá com Abrams sobre a press?o dos EUA sobre os negócios das empresas russas com as empresas venezuelanas. Ele reiterou que a Rússia continuará cooperando com a Venezuela nos setores de energia e defesa.

Na segunda-feira, o Departamento do Tesouro dos EUA imp?s san??es ao Evrofinance Mosnarbank, um banco com sede em Moscou, de propriedade conjunta de empresas estatais russas e venezuelanas, por "tentar contornar as san??es dos EUA à Venezuela".

O Ministério das Rela??es Exteriores da Rússia disse que as san??es impostas fora do quadro do Conselho de Seguran?a da ONU n?o poderiam ser consideradas legítimas.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, também acusou a gigante petrolífera russa, Rosneft, de continuar a comprar petróleo da petrolífera estatal venezuelana PDVSA, desafiando as san??es dos EUA.